Ah faz qualquer coisa pra eu deixar? Você faz qualquer coisa pra mim de qualquer jeito, esqueceu disso escravo? (risos)

 

Estreando o meu brinquedinho novo e essa sandália lindíssima! Como sempre muita diversão. Podolatria, slap face, tease and denial e inversão de papéis. Adoro.

Olha o seu lugar escravo bem aqui na minha frente de joelhos, adorando a sua dona e me servindo como eu bem desejar.

  • Quero massagem
  • Limpe meu salto
  • Balança o rabinho pra mim?
  • Vem colocar a sua calcinha nova que eu trouxe pra você
  • Ah, a coleira também
  • Olha onde é o seu lugar bem aí embaixo
  • Você limpou bem o rabinho? limpe de novo!
  • Trás o meu vinho escravo
  • Acenda o meu cigarro
  • Trás o cardápio pra mim
  • Quero descansar os meus pés
  • Fique aí embaixo sendo meu tapete
  • Beija meus pézinhos um pouco
  • Vista as sadálias novamente
  • Limpe as minhas sandálias, com a lingua claro
  • Vamos conferir se o rabinho está habitável….
  • Engole meu brinquedinho enquanto converso com a minha amiga no telefone
  • Responde pra ela que você é uma cadela de boca cheia haha
  • Quero estrear meu brinquedinho novo em você daqui a pouco
  • De franguinho assado
  • Agora de quatro
  • Gemendo fininho até eu enjoar
  • Enjoei
  • Quer gozar? Oque não entendi?
  • Implore mais
  • mais um pouco…
  • Ah faz qualquer coisa pra eu deixar? Você faz qualquer coisa pra mim de qualquer jeito escravo, esqueceu disso? (risos)

 

Para tudo uma só resposta:

– Sim Senhora, Madame.

Venere e ajoelhe-se aos pés da sua Dona – saiba o seu lugar

Entre muitos fetiches que eu aprecio, posso dizer que um dos principais é ter os meus escravos aos meus pés, beijando, desejando e implorando para estarem ali a espera de qualquer migalha que eu possa oferecer, para seu MEU e ter essa visão de onde é o seu lugar no mundo naquele momento, aos pés de uma mulher poderosa e que sabe usar seu poder para ter oque quer.

Venere a sua Mistress, almeje essa posição tão valiosa sem nenhum tipo de pudor ou medo. Teus fetiches saem com você da porta pra fora apenas na sua mente, com total discrição. Chegam tímidos e saem fortes, presentes em cada som da minha voz, respiração e cheiro que você pode sentir e reviver por dias, quiçá pra sempre…

Essa sensação fica prazerosa pra mim também, que o vejo cumprindo com satisfação todas as minhas vontades, vejo a sua entrega e isso me faz sentir bem. Mas não se sinta tão especial, pois não será o único a ser meu objeto de diversão e prazer. Eu sim serei única pra você…

 

Mistress Charlotte Kolyman

mistress feet woship

dominadora profissional podolatria sp

Sexy Appeal

 

Dominatrix São Paulo

É o Sexy appeal? Não sei…. Só sei que no final eu consigo tudo do jeitinho que eu quero, você perde o controle e se entrega absolutamente. No começo você pode resistir um pouco, mas sempre tenho bons argumentos e consigo ser bem convincente sobre o que é ou não melhor pra você. rsrs |
Is it Sexy Appeal? I do not know …. I only know that in the end I get everything the way I want, you lose control and give absolutely. At first you can resist a little, but I always have good arguments and I can be very convincing about what is best for you.

 

Contagem regressiva para a minha viagem. New York City em breve!

dominadora profissional

Explorando a minha sensualidade enquanto o escravo nada pode fazer a não ser admirar.

EM SÃO PAULO ATÉ 11/04. NEW YORK CITY ATÉ 23/04. RETORNO PARA SÃO PAULO EM 24/04. CONTATO: MISTRESSCHARLOTTEK@GMAIL.COM

 

Um pouquinho sobre como foi a minha viagem ao RJ

Um pouquinho sobre como foi a minha viagem pro Rio, agora em São Paulo até dia 11/04. Após essa data estarei em NYC e retorno a SP 24/04.

Instagram Mistress Charlotte – @mistresscharlotte

instagram feet podolatria

Para quem ainda não me acompanha no Instagram. Segue lá é @mistresscharlotte

 

Happy Hour com Mistress Charlotte – 2ª edição – 14/03 no Dominatrix Bar

festa fetichista podo são paulo

Festa Fetishista em São Paulo

Venha bater um papo sobre BDSM comigo. Segunda Edição do Happy Hour com Mistress Charlotte!!!

Onde? Dominatrix Bar

R. Fernando de Albuquerque, 171 – Consolação São Paulo – SP

Quando? essa quarta-feira 13/03

Horário? à partir das 19:30 até 22 horas

Dommes no Rio de Janeiro – 19 a 26 de março 2018

dominadoras rio de janeiro

 

Envie um email e seja avaliado! Poucos horários, agendamento atencipado!!!!

mistresscharlotek@gmail.com whatts app (apenas mensagem e em horário comercial) 11 98687-0248

Slave’s writes 


Perspectiva do escravo. Novamente mais um relato (uma parte dele), dessa vez feito pelo meu novo escravo H. 

(Todas as fotos e relatos do site são consensuais).

Depois de tomar a decisão de ter essa experiência com a Mistress Charlotte, o que me restou foi me organizar e correr para garantir que a noite fosse cheia de intensidade. 

Saí do trabalho e fui para o motel que ela ordenou. Aliás, ordenar pode passar a impressão errada de uma pessoa que grita ou impõe sua vontade de maneira agressiva. Não é o caso aqui.

Cheguei e avisei a suíte que estava. Ela confirmou que estava a caminho e a partir daí fui completamente dominado pela ansiedade. Neste tempo entrei diversas vezes em suas redes sociais e parecia não crer que depois de tanto tempo acompanhando, eu conheceria essa Mistress tão impressionante pessoalmente e estaria à mercê de suas vontades. Pedi uma champanhe e o tempo parecia não passar.

Quando me informaram que ela chegou, fiquei em pe ao lado da porta. Nos cumprimentamos e ela mandou eu ir buscar sua mala que havia ficado la embaixo. Já comecei a sentir sua dominação nos pequenos detalhes. O que não percebi foi o que isso foi um leve aperitivo do que viria. 

Imediatamente ela mandou eu ir pro chão e beijar seus pés, mostrando como deve ser nosso cumprimento.

Cabe ressaltar que quando falo mandar, é com seu tom de voz normal, calmo. Sua dominação faz com que mesmo neste tom de voz, seu corpo siga suas ordens naturalmente, numa sensação de não ter mais o próprio controle. 

Me colocou mais ao chão, desta vez abaixo dos seus pés, mostrando onde exatamente é nossas posições. E a sensação que tive é que nunca estive tão colocado no meu lugar quanto neste momento. 

Depois exigiu que fosse feita uma massagem. A partir daí ja me perdi, eu não sabia mais o que era meu prazer e prazer dela. Meu prazer foi sentir o privilégio de toca-la e sentir seu cheiro. Mas ve-la ter o prazer da massagem foi mais forte.

E falando em privilégio, foi ordenado que após a massagem eu voltasse aos seus pés. Desta vez, para acariciá-los e beijá-los. Comecei a sentir que o sentido daquele momento consistia em fazer com que minha mão e minha boca trabalhasse em função de fazer aqueles pés perfeitos terem o máximo de prazer. Queria sentir cada parte, cada espaço. Nao existia prazer suficiente para ela que me acalmasse.

Em sua busca de ter todo o prazer que merece, mandou eu deitar para que pudesse sentar em meu rosto. Selar seu domínio, deixar claro a situação que ela merece estar, desta vez pude completar o êxtase com este privilégio sem fim.

Seu olhar de satisfação fez com que completasse nosso momento de selar nossos lugares. Deitei na banheira e fui banhado pelo seu liquido dourado, nobre. Ela estava onde tinha que estar, dominando, tendo prazer. E eu estava sentindo que isso era apenas o mínimo que essa deusa merece.