Categoria: Sessões

Sessão Worship me

Mais que uma Rainha. Uma Deusa, sendo adorada, venerada, e reverenciada muitas e muitas vezes. Segue as fotos do slave de ontem. Sumiu e implorou para aceitá-lo novamente,  aí estão as fotos.  Vai ter que se esforçar muito para ser aceito por mim, e sempre assim, prostado aos meus pés!

IMG-20150605-WA0018  IMG-20150605-WA0019

Final de semana em Campos do Jordão

19517_1434175910224096_8685902814032710690_n 22698_1434175836890770_5268859148811805796_n 1510455_1434176086890745_8414083322662411058_n 10978481_1434175883557432_9113347645717964014_n 11113850_1434175936890760_4289086766377799907_n 11222483_1434175890224098_8980844392757853512_n 11227054_1434176113557409_262663147385923612_n 11377344_1434175953557425_5592084047000333509_n

O que aconteceu nesses dois dias? Off total! Nas fotos só dá pra imaginar. Mas ele sobreviveu, rs o meu submisso de alma…

Sessão 20/05

Esse vinho que ganhei e pude apreciar durante a sessão dessa última quarta-feira. Malbec argentino Viejo Isaías. Abaixo segue a foto, a história e o rótulo do vinho.

11330039_1434176690224018_6259993496199404425_n (1)

HISTÓRIA: Rodrigo é o representante de seus irmãos e primos hoje em dia frente à produção de vinhos que sua família toca. O nome, Viejo Isaias, foi ele quem deu também, uma homenagem a seu avô que ali plantava rosas até os seus últimos dias.

As rosas mais lindas da Argentina, diziam muitos. E para os produtores, seu espírito se mantém vivo, junto a cada pétala que um dia cobriu seu terroir, em cada gota de vinho que dali sai, em cada rótulo que ilustra.

RÓTULO: O Malbec Viejo Isaias se destaca e marca presença por seu aroma complexo de ameixas e frutas maduras. Seu sabor agradável se dá por conta das notas de especiarias e pelo toque de baunilha, chocolate e couro. Pronto pra beber, combina com pratos suculentos, a base de carnes vermelhas ou massas. Também harmoniza com queijos finos.

FOTOS DO SLAVE:

11045490_1434176766890677_7786438275596876543_n (1) 11096537_1434176730224014_4981687932829045430_n (1) 11148330_1434176746890679_3840995443105452925_n (1)

 

FOTOS CONSENSUAIS!!!!!

Preparativos

20150505_192711

Sempre conto aqui o durante a sessão,  oque aconteceu. Mas hoje vou contar também o ritual que precede tudo isso. Fico olhando os meus corsets, cintas ligas, lingeries, sandálias, meias… Escolho com todo o cuidado,  pensando em tudo que espero fazer embora seja mais instintivo. Aqueles momentos precisos em  que faço a maquiagem, o batom vermelho, lápis nos olhos, o traçado preciso do delineador,  os meus pensamentos começam a funcionar.  Como uma ignição que começa a funcionar e pega o embalo e ritmo. Mas ainda assim a máquina por ela movida não sabe precisamente o sentido que vai. No caso em especial única coisa certa: a bota! A história foi a seguinte: Escolhi uma vermelha, linda!  Mas o infeliz lerdo demais, foi comprar e meu número (37) estava esgotado! Então escolhi essa outra preta, que não deixou nada a desejar para outra que havia escolhido. Ele comprou de manhã e recebi a tarde. O que “aliviou um pouco a barra dele”

20150505_192836Screenshot_2015-05-05-21-15-10[1]20150505_192844

Sessões de dominação – FOTOS

 

 

 

20150501_155002 unnamed (2)

Screenshot_2015-04-21-06-42-46-1

Quero deixar claro que todas as fotos foram tiradas de forma consensual e a identidade de todos os fotografados são mantidas em total sigilo.

Malevolência

c27209913993bc07c0bf2c0ea3a743f3

No frio a minha perversidade aumenta. Temperatura cai, inversamente proporcional aos meus desejos mais profundos. Irei aquecer o meu corpo deixando a mostra minimamente algumas partes dele. Não irá ver a minha pele totalmente, mas sim as minhas curvas. Uma calça skin delineando o movimento das minhas pernas. Eu gosto do glamour, do mistério, do mostrar sem nada mostrar. No oferecer sem dar.
Enquanto ao seu corpo desnudo, poderei ver um suor mais ameno e o seu desespero. Estará aquecido e entregue.
Para alimentá-lo, o meu cheiro. Para alimentar-me, a sua alma. O seu tudo que não mais pertence a você.

Black Diamond – parte 2

Assim que ele saiu levantei dei uma volta ao seu redor e fiz questão que ele me visse com a calcinha, me aproximei então segurando-o com uma só mão pelo pescoço fui empurrando até o chão. Me sentando e trazendo ele para a sua posição correta.

– É daí, a sua visão, do chão! Apreciei muito os presentes, agora irei agradecer, você terá a honra de limpar as minhas sandálias, pode começar pela sola!

cortada pe b

Ele lambeu beijou, limpou tudinho, até que certa hora foi banqueta para eu descansar os meus pézinhos, assim foi até que eu terminei o cigarro, e disse que estava bom.

– Basta agora, vamos colocar a sua coleira, e vamos passear, meu cachorrinho.
Dog play. Eu adoro essa prática, virou pônei, banquinho de novo, mas a diversão estava apenas começando. Ordenei que tirasse as minhas sandálias e pela guia fui direcionando-o até a cama, onde ordenei que deitasse, algemei suas mãos e vendei os seus olhos.
– Cãozinho meu, está chegando a hora do Ricardão chegar, já deixei avisado na portaria e a porta aberta. A você restará só ouvir tudo, mas antes beije meus pés como eu gosto e muito !
Disse isso sentando em seu tórax, enfiando os pés no seu rosto.
Porém quem entrava ali era a minha amiga domme, Rainha Cinthya. Só quis deixá-lo assustado. kkk
Nos divertimos muito com aquele cachorrinho! Virou nosso tapetinho, banco, mordidas nos mamilos, cbt leve, eu deixei bem claro que não queria que ele me fizesse passar vergonha perante a minha amiga, que fosse obediente a ela além também. Beijando nossos pés até que não quissemos mais.
Para finalizar a sessão de cerca de 2 horas, facesitting:
– Vamos ver se ele tem bastante folego Cinthya? Vou fumar mais um cigarro bem tranquila aqui.
Fomos intercalando ora eu ora a Cinthya. Terminando o meu cigarro deixei que ele se masturbasse, permaneci sentada em seu tórax em quanto ele beijava os meus pés. Depois me levantei:
– Abra a boca, imbecil! Dedinhos por dedinhos, e meu pé todinho na sua boca!
Levou também uns bons bofetes na cara com os meus pézinhos.
Como ele se comportou direitinho, eu disse que ele gozasse, pois já havíamos nos divertido bastante com ele, e estava liberado.
– Toalha no banheiro, vá se lavar e limpar essa sujeira toda!
Ao sair todo de terno agradeceu muito, que não esperava a surpresa com a Rainha Cinthya e que havia adorado a oportunidade de servir a duas Rainhas tão lindas. Eu só respondi:
– Mas isso é tão óbvio….
4 comentários