F.A.Q – Perguntas Frequentes

Quais as práticas favoritas da Mistress Charlotte?

Sou muito fetichista e realmente ligada nesse lado visual. Adoro couro, vinil, látex, spandex, lingeries e vestidos, sou aficionada por botas, scarpins e sandálias de salto para compor o meu estilo tanto no dia-a-dia como durante a sessão.

Com relação as minhas práticas favoritas são: Podolatria, Servidão, Mobiliário Humano, Facesitting, Castidade, Eletrochoque, Orgasm Control, Cuckold, Tease and Denial, Dominação Psicológica, Inversão de papéis, Feminização (Sissy / Crossdresser), Shibari, Pet Play, Breath Control, Velas, Spanking, CBT, Nipple Tortura, Tapas na cara, Privação de sentidos, Humilhação Verbal, Money Slave, Mumificação, Cócegas, Chuvas prateada e dourada, Asfixia, Smoking Fetish.

Quais as práticas que não realiza?

Nada relacionado a agulhas, cortes, sangue, luta mista, facefarting, zoofilia, scat, age play, marcas permanentes.

Não posso tirar fotos de nenhum tipo, isso é um problema para a Mistress Charlotte?

Todas as minhas fotos são consensuais, e de forma alguma é obrigatório tirar qualquer tipo de foto durante a sessão. Os submissos que consensualmente permitem os registros, são sem mostrar o rosto ou para registro pessoal dele mesmo.

Qual o valor da sessão? É possível negociar?

O valor da sessão varia muito com o horário, dia, práticas… Mas inicia no valor médio de 500/hora. Não é possível negociar, porém para os submissos que me servem com frequência e possui um contato real como sendo minha posse exclusiva, existem valores mais flexíveis e até mesmo mensal.

Quais as medidas tomadas para uma sessão de feminização?

Primeiro existe uma conversa por e-mail onde consigo identificar se o perfil é mais para tímida ou atrevida, entre outras características que eu observo, assim posso definir qual a conduta que irei adotar para treiná-la e o estilo de se vestir. Além claro das informações sobre o tipo físico: altura, peso, quanto calça, tom da pele, etc.

Uma combinação para mim bem interessante em uma sessão de feminização seria: Sissy + Dominação Psicológica + Inversão de papéis + Tease and Denial + Castidade + Bondage + Cuckold + Orgasm Control + Humilhação Verbal + Servidão + Mobiliário Humano + Pet Play + Chuva Prateada + Tapas na cara. Se for bem masoquista não pode faltar também: Spanking, Eletrochoque, CBT e Velas.

A Mistress Charlotte realiza sessão em troca de favores ou sem valor do tributo?

Não realizo sessões sem tributo. Com o passar do tempo se o escravo for escolhido por mim para me servir com maior frequência, os valores das sessões podem variar e serem reduzidos em um valor mensal e presentes, para que assim ele possa me servir SEMPRE.

Posso gozar na sessão?

É possível sim mas se eu assim quiser e da forma que eu desejar, geralmente com a auto-masturbação ao final da sessão.

É possível acontecer sexo durante a sessão?

Comigo? Não é comum nem pré-determinado. Se eu resolver te usar como meu brinquedinho sexual será muita sorte da sua parte. Pra isso prefiro os alfas… o sexo que o escravo merece é sendo passivo e eu usando o meu belo strap-on. Ou implorando para deixar que se masturbe, ou outras formas que eu julgar divertidas e interessantes pra mim.

Sou iniciante como proceder?

Comece por tentar se conhecer ao menos um pouquinho, pesquise, assista a vídeos, devore o meu site para conhecer onde está pisando e principalmente seja objetivo. Dúvidas pertinentes é uma coisa, gente a toa me fazendo perder tempo, é outra coisa.

Como agendar uma sessão com a Mistress Charlotte?

Acesse o link a seguir e descubra: https://mistress-charlotte.com/agendar-sessao/

Há quanto tempo se considera Dominadora?

Desde a adolescência, notava em meus relacionamentos com namoradinhos como parte dominante da relação, em um relacionamento mais sério sentia desejos de amarrá-lo, provocá-lo, gostava e pedia que ele beijasse meus pés e mãos, e ele topava. E segui sem entender tudo isso até buscar informações na internet, onde conheci pessoas do meio, comecei a frequentar festas/ encontros fetichistas e montei um blog onde passei a compartilhar fotos consensuais das minhas experiências e artigos interessantes sobre BDSM.

Como e a quanto tempo se tornou Dominadora Profissional?

O Blog começou a ter muitos compartilhamentos através de redes sociais, foi aos poucos ganhando relevância nas pesquisas do Google e eu já tinha muitos pedidos de submissos querendo me servir, me presentear…  e pensei: porque não? O blog virou site, passei a analisar e escolher os escravos de acordo com as minhas preferências e a cobrar o tributo para as sessões. E isso aconteceu entre 4 e 5 anos atrás.

Realiza sessões com homens e mulheres?

Sim, homens, mulheres e casais.

A Mistress Chalotte aceitaria ser dominada numa sessão?

Não.

Te atrae mais ser uma dominadora fria, cruel e sádica ou o perfil de uma Domme mais carinhosa e atenciosa?

Uma coisa não exclui a outra, sou cruel e sádica, sou carinhosa do meu jeito Domme de ser, no sentido do “morde e assopra”. Isso ao meu ver torna a entrega do submisso mais intensa e completa, aumenta a confiança, e a sessão toma um curso naturalmente mais gostoso.

Realiza sessões por dinheiro ou por prazer?

Novamente, uma coisa não exclui a outra.

Quais as suas medidas e idade?

Idade: 31 anos.
Altura: 1,70 mts.
Peso: 60 kg.
Busto: 80 cm.
Quadril: 89 cm.
Cintura: 64 cm.
Cor dos Olhos: Castanhos

Que número calça?

37

Como posso presentear a Mistress Charlotte com algum mimo? Como faço?

Consulte diretamente comigo a minha Lista de Desejos e direi como proceder.

Podemos apenas Jantar juntos?

Sim porém considero esse tipo de convite, uma sessão. Pois envolve claramente servidão, me levar para jantar onde eu irei escolher e sobre os meus comandos. Ou seja, existe também um valor do tributo.

Realiza viagens, como funciona?

Todas as despesas por conta do escravo + um valor por dia da viagem. Caso o escravo seja exclusivo. Outra forma é o escravo que manifesta o interesse e me convida, paga apenas todas as despesas para no mínimo 4 dias (não há cobrança do valor diário), onde deixo agenda aberta para sessão com outros escravos também.

Onde são realizadas as sessões?

Em motéis e hotéis de acordo com a logística de ambos. Possuo uma lista dos locais preferidos.