De corno a sissy

Corninho antes de ser amarrado, chupou meus pezinhos, apanhou na bunda e na cara pra aprender a não ser insolente e lembrar que é meu capacho, pra oque eu quiser fazer com ele.

image

image

image

image

Joelhinhos todos vermelhos!

image

image

image

image

29/03 a 02/04 de 2016 no Rio de Janeiro – saiba como agendar sua sessão

Estarei na cidade maravilhosa dias 29, 30, 31, de março e dias 1 e 2 de abril.
Saiba como agendar a sua sessão no Rio de Janeiro:

Encaminhando um email para rainhacharlotte@gmail.com
Ou

image

No corpo do email / whatts fazer uma apresentação pessoal e falar:
– idade;
– ocupação;
– práticas (fantasias/fetiches) e
– limites.

Se for compatível com as minhas preferências, senão todas mas algumas. Eu respondo com maiores informações.

Obviamente sou adepta do SSC ( são seguro e consensual). Essa espécie de negociação deve, ou deveria acontecer independente se é uma sessão com uma domme profissional ou não.

As minhas vontades são prioridades sempre. Pedidos poderão ser atendidos se solicitados humildemente.

Minhas práticas favoritas são bem variadas:

Podolatria (worship, barefeet, trample, crush, ballbusting, footjob), facessiting, spank, cbt, velas, Clamp nos mamilos, Slapface, bondage (shibari), humilhação verbal, breath control, tease and denial, cuckold,  inversão, milking, feminização, privação de sentidos, disciplina e adestramento, dog e pônei play, castidade, mumificação, mobiliário humano, eletro estimulação, entre outras.

Meus limites (não faço na sessão):

Nada relacionado a agulhas, scat, facefarting, infantilismo, luta mista. Não realizo sexo com penetração.

RAINHA Charlotte, então durante a sessão não poderei chegar ao orgasmo?

Talvez sim ou não. Vai depender da minha vontade e do seu comportamento.

IMPORTANTE: TODOS OS MEUS ACESSÓRIOS PASSAM POR CORRETA E EXTREMA HIGIENIZAÇÃO.

Valor do tributo somente por e-mail.

Submisso de alma

image

Fiquei realmente muito irritada por “F” me acordar tão cedo!! Por mim já o teria feito pagar tal erro já logo de manhã. Isso seria o certo ele reparar o erro e ao menos deixar a minha manhã divertida.  Pensei: “já que ele fez isso bem que já deve vir cumprir o devido castigo agora!” Mas optei pelo bom senso, sou consciente e como sei que não seria possível devido ao seu trabalho. Desisti. Mas só por hoje.
Passei o dia com pensamentos indo e vindo. E com vontades de sentir o prazer atrelado a dor, a devoção de “F”… Isso o torna um submisso especialmente desejado por mim. A vontade de maltrata-lo torna-se ainda melhor. Mas é diferente, não é simplesmente maltratar ou castigar, é provocar todos os seus limites. É a sua dor, e meu prazer com uma dose de ternura e piedade também…
Em breve o convocarei e esse dia será relembrado com maestria por sua Rainha, (eu), e pelo meu chicote estalando em suas costas. Numa sinfonia secreta, equilibrada, intensa. Na entrega total dele de corpo e de alma. A mim! Aos meus pés!