Tag: busco domme

De corno a sissy

Corninho antes de ser amarrado, chupou meus pezinhos, apanhou na bunda e na cara pra aprender a não ser insolente e lembrar que é meu capacho, pra oque eu quiser fazer com ele.

image

image

image

image

Joelhinhos todos vermelhos!

image

image

image

image

Nenhum comentário

Fotos sessão dominação no RJ – bondage, cock Cage eletrochoque e outras coisitas “más”

Eu tirando uma selfie antes da sessão enquanto o escravo estava no elevador do flat em Copacabana,  onde fiquei dessa última vez.

image

Vou falar um pouco sobre o Cock Cage, que usei nesse dia, como podem ver na foto abaixo trata-se de um acessório específico que emite ondas leves a moderadas, de eletrochoque; (eletroestimulacão) no pênis e testículos.

Usa-se assim:

image

Quase como colocar um cinto de castidade. Eu pretendo fazer um vídeo mostrando isso mais pra frente. Eu tive um pouco de dificuldade, pra quem estiver iniciando esse video será bem útil.
Acho engraçado nos vídeos fetichistas, já aparece td pronto, escravo amarrado etc.. rsrs não aparecem essas preparações, que fazem parte e são muito excitantes! E que precisamos saber como é que se faz… Enfim….

A seguir, a forma que NÃO é correta, porém eu testei e também dá certo. Segundo o escravo a intensidade foi um pouco maior, devido o Cock Cage não estar tão rente a pele (e sim, um pouco largo).

image

Olha só a próxima foto , improvisei em dois ganchos de rede pra descanso, e amarrei os dois braços, claro que como ainda estava transformando ele em putinha, fiz uma feminilizacão leve e não completa com todos os detalhes, coloquei apenas a camisola, a calcinha e uma máscara de látex que é demais!!! A mordaça que vem acoplada nela, é um mini-pau que fica pra dentro da boca do escravo (depois ou tiro foto dela pra postar aqui). Muito legal!

Detalhe para bundinha dele, levantei a camisola pra mostrar!!! E exibir o rabo desse escravo em treinamento:

image

Essa sessão na verdade durou 2 dias, pois ele voltou no dia seguinte. Quero deixar claro que sempre em todos os posts que houverem relatos de sessão :

1 – todas as fotos são tiradas de forma consensual
2 – sem mostrar o rosto ou qualquer marca que possa identificar o escravo
3 – ao final da sessão todas as fotos são “filtradas” por mim e pelo escravo, onde ficam muitas apenas para visualização de ambos, e não para a publicação no blog
4 – todos os acessórios são devidamente higienizados dependendo do seu material, desde o simples lavar com água e sabonete antibactericida, água fervendo, álcool 70, ou um produto específico chamado TOY CLEANER.
image

Mas isso é assunto pra um novo post apenas pra falar sobre higienização dos acessórios. Extremamente importante!

Tudo bem aí embaixo? escravo

image

As solas estão precisando ser limpas, faça o seu trabalho escravo.

Buscando sua Domme

image

Encontrar perfis semelhantes entre Dommes /subs é indispensável para que a entrega seja plena e mágica como deve ser. Acontece que muitas vezes com o objetivo de agradar a uma Dominadora, o submisso deixa de ser sincero sobre os seus gostos e limites, o dificulta a compreensão do seu perfil. Ao se apresentar seja sincero consigo mesmo e diga a verdade sempre.

Cada dominadora tem o seu perfil, as suas preferências. Assim como cada submisso também tem. Esse universo chamado BDSM é muito além que libertador, é vasto, profundo, intenso. Torna-se de extrema necessidade o mínimo de conhecimento mútuo evitando possíveis frustrações de ambos os lados. Antes que digam: ” a Rainha manda, o escravo obedece” Sim, sem dúvida! Mas existe aí uma linha tênue entre essa afirmação e o bom senso.

Nenhum submisso se submeterá a uma Dominadora se esta não possuir, na minha concepção alguns certos atributos: o auto-conhecimento, a sensualidade, o poder de sedução, ou por exemplo simplesmente ser autoritária. O que eu considero o atributo mais importante de uma Dominadora é algo genuíno e certas vezes inexplicável: o *feeling.
Ele trás pra esfera da Domme a possibilidade de explorar melhor a situação buscando o prazer de ambos, ela conhecendo previamente o seu sub e sendo detentora desse chamado “feeling” poderá sim ultrapassar os limites do escravo. Propondo novas experiências dentro do então perfil de ambos! Que fique claro, ultrapassar e não desrespeitar, o que são coisas totalmente distintas. Enfim…

Afinal o ser humano busca ultrapassar os seus próprios limites não é mesmo? Em vários aspectos sejam eles profissionais, pessoais, ou dentro das suas fantasias e desejos mais profundos.

Além disso contamos com um botãozinho ótimo de stop que chama-se safe-word. Mas isso já é assunto para o próximo tópico. 😉

*Feeling definição:

Feeling é uma palavra em inglês que em português significa sentimento.

A palavra feeling também pode querer dizer pressentimento. (O que para o contexto é mais apropriado). É bastante comum ouvir pessoas falando que estão com um feeling de que algo possa dar errado, ou dar certo ou com um feeling de que uma coisa boa está por vir.