Its simple: I tell you what to do, you obey. – #FEMDOMLIFE

Parece que um monte de homens fantasiam vivenciar o FemDom sem pensar totalmente em como é passar por isso, não percebem tudo o que implica.

O que é FemDom?
Trata-se de mais do que apenas sentir a minha autoridade. Não é apenas sobre ser disciplinado e, ocasionalmente, sentir o chicote. Ou até mesmo começar utilizar o Strapon. É mais do que ter seu pênis preso em um dispositivo de castidade masculino. É mais profundo do que ter seus orgasmos controlado e restrito.
FemDom: Significa colocar o prazer da sua dona em primeiro lugar, à frente do seu. Antecipando-se e atender às suas necessidades. Respeitando seus desejos. Entregando o seu espírito. Massagens nos pés. Adorar a seus pés e dedos dos pés, deixa-la ter amantes. Fazer o seu café da manhã na cama. Ter uma taça de vinho pronta para quando ela chega. Honrar seus desejos. Se você tem uma boa condição financeira trabalhe duro para tornar sua vida confortável.

Its simple: I tell you what to do, you obey. Its time for us pretending you are a real men. Your sole propose as a male is to pleasure me. #femdomlife #femmesupremacy #alfawoman #findomgoddess #mistresslife

Mais um mimo que chegou hoje! Linda sandália Santa Lolla ❤

Lindíssima !!! Simplesmente AMEI!

Agora só falta a bota da Wish List desse mês. 🙂 😉

Lista de roupas em látex e também artigos de sex shop disponíveis no link a seguir: Lista de desejos – CLIQUE AQUI

Pode lamber meu pézinho!

Rainha Charlotte Dominadora São Paulo domme

Sessão de ontem, meu escravo me servindo, eu tomando meu bom vinho malbec e ele aos meus pés!

Domme no RJ 

Rio te quiero!!! Amo essa cidade e meus subs cariocas!

Estarei na cidade maravilhosa do dia 26 a 29 de Outubro/ 2016.

Agende sua sessão APENAS ANTECIPADAMENTE por e-mail rainhacharlotte@gmail.com

Faça uma apresentação pessoal informando sua idade, fetiches e limites que vou analisar se me interessa ou não. 

IMG-20150702-WA0020

*********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** *********** ***********

Um pouquinho sobre uma das minhas idas ao rio:

30/06/2015

Foto tirada em Copacabana, pelo meu primeiro escravo do rio. Assim que cheguei deixei a mala no hotel e cai na praia. “Estou aqui, “A”, trás protetor solar e vem pagar a conta do quiosque”

IMG-20150702-WA0022-1

Massageou meus pezinhos, tirou as fotos, fui conhecer a vista do forte de copa (que é linda!!) e depois fomos para o seu apto. … Turn off. rs.

voltei antes das 19:00. Pois o capacho imbecil que pagou toda viagem seria então surrado por mim. Pontual chegou no horário, subimos. Levou muito tapa na cara. Um total idiota sempre tem o que merece. Muita humilhação verbal. Ele apanhou e dizia que não imaginava que eu tivesse tanta força. Frouxo mesmo!

Acabando meu primeiro dia….

… o Rio de Janeiro é lindo demais, fiquei realmente encantada. Tomei um banho e fui jantar, num restaurante na avenida atlântica. Na volta fui roubada! Tenso, triste, não dá para conceber isso numa cidade tão maravilhosa como o rio,  nosso cartão postal! Estou bem não fizeram nada fisicamente. Mais foi a chateação, o susto, a indignação.  Muito maiores que qualquer prejuízo financeiro!

Avisei o capacho do que tinha acontecido, pelo facebook e veio comprar um celular, fomos ao shopping, escolhi e ele pagou. Essas horas é que a gente vê o quanto a internet tem uma serventia muito eficaz. Usei o computador do hotel, avisei também por email os escravos agendados para quarta. Tudo ok.

01/07/2015

Chegou as 11:00, meu escravo gringo, desci para buscá-lo, fui conversando e acalmando o nervosismo dele, fui colocando as minhas botas e terminando de me arrumar. O que rolou: Bongade, spank (aguenta bem) e inversão.

20150701_120053[1] 20150701_120046[1] 20150701_120805[1]

Ah! E me presenteou com uma caixa de bombons com vinho, da Kopenhagen. Delicioso!

As 16:00, esse escravo fetichista, ganhei mais um mimo, essas luvas de cetim lindas! amei!

IMG-20150701-WA0066[1] 20150701_160514[1]

Foi a minha escravinha, coloquei peruca, montei todinha! Feminilização e amarrei na cadeira para tortura. (muita, nos mamilos, que adoro!) Após descobrir que era uma putinha ainda virgem, concluí: “quer ser uma putinha sem dar? isso não existe, agora você vai ser uma cadela putinha de verdade! e dar pra mim!” E assim foi…

…………………………………………………………………………………………….

Depois foi só descansar curtir mais um pouco a orla e arrumar as coisas para o voo de volta a SP, no dia seguinte de manhã.

Muito legal minha passagem pelo RJ, mesmo que breve e com a chateação do roubo, pretendo voltar em breve!

Vídeo e fotos dos meus pézinhos no parque

Sentindo a grama com os pés, contato com a natureza. Adoro. Sujeirinhas naturais da terra! Rsrs A próxima vez levarei meu sub “f” para os cuidados especiais com os meus pézinhos. Limpeza, carinhos e massagem. E tudo mais que eu quiser.

Meu domingo muito gostoso no parque!

20150614_164624

espreguiçando, pés pro alto, lindo domingo! Céu maravilhoso! 

20150614_163455

tirando o tênis para relaxar depois da corrida!

Testando limites

20150606_210326

Como o meu desejo é uma ordem, fomos ao motel classe A na mooca, na suíte temática sado, acho que a única que eu ainda não havia conhecido em SP.

A suíte provavelmente estaria ocupada. Então fiz com que ele certificasse tudo antes, ligou no motel para saber e chegamos bem no horário de saída do casal (às 19:00). Não contávamos que eles iriam adicionar mais uma hora, conclusão:

Aguardamos no estacionamento até as 20:00, o escravo trouxe um vinho ótimo chileno chamado MediaNoche (ele sabe e só trás os melhores), começamos uma sessão podo no carro!

20150606_193412-1

Levou as minhas coisas para o quarto, saiu e ao meu comando entrou, só depois que me arrumei! (claro)

Primeiro mandei que limpasse toda a minha bota, enquanto eu fumava um cigarro bem tranquila! Só pra iniciar, limpou e limpou de novo até que disse que não estava bom … E limpou mais uma vez até que ficou brilhando!

20150606_212849 20150606_212810-1 20150606_212956 20150606_212926

Coloquei a máscara mas deixei a boca e olhos livres. Mais beijos nos pézinhos com meia, sem meia depois. Considero a meia-calça uma lingerie dos pés, as preliminares podo, digamos assim.

Aí eu disse, pode párar, trouxe uma surpresinha pra você capacho. Tampei a visão e deixei lá esperando, e quando ele notou já estava com os pés presos e dedos (com algemas), prestes a iniciar uma nova prática: CBT (Acrônimo inglês de cock and ball torture, refere-se à tortura peniana e/ou testículos), vamos testar os limites desse verme!

Já tinha levado uns tapinhas nas bolas nas outras sessões, uns pisões a la “ballbusting”. Mas dessa vez foi pra valer! O torturador peniano e de testículos além de apertar, vibrava. Brinquedinho novo! Ficou todo esmagadinho mas adorou! Ficou tão duro que eu pensei “Será que vai explodir?” rsrs

Podolatria + bongade + CBT rolando.

20150606_223119 20150606_222332 20150606_223038 20150606_223202 SAM_5992

Vamos testar os limites – parte 2

Spank – Eu estava ansiosa para usar meu flogger novo, e acertar a mão com ele, pois é bem mais longo que os meus e bem mais profissional também, peguei logo o jeito e me empolguei.

Achei que ele fosse pedir a safe, pois não está acostumado com spank, mas está sendo bem disciplinado e logo estará como eu quero, falta muito ainda!

20150606_222529

Preparativos

20150505_192711

Sempre conto aqui o durante a sessão,  oque aconteceu. Mas hoje vou contar também o ritual que precede tudo isso. Fico olhando os meus corsets, cintas ligas, lingeries, sandálias, meias… Escolho com todo o cuidado,  pensando em tudo que espero fazer embora seja mais instintivo. Aqueles momentos precisos em  que faço a maquiagem, o batom vermelho, lápis nos olhos, o traçado preciso do delineador,  os meus pensamentos começam a funcionar.  Como uma ignição que começa a funcionar e pega o embalo e ritmo. Mas ainda assim a máquina por ela movida não sabe precisamente o sentido que vai. No caso em especial única coisa certa: a bota! A história foi a seguinte: Escolhi uma vermelha, linda!  Mas o infeliz lerdo demais, foi comprar e meu número (37) estava esgotado! Então escolhi essa outra preta, que não deixou nada a desejar para outra que havia escolhido. Ele comprou de manhã e recebi a tarde. O que “aliviou um pouco a barra dele”

20150505_192836Screenshot_2015-05-05-21-15-10[1]20150505_192844

Black Diamond – parte 2

Assim que ele saiu levantei dei uma volta ao seu redor e fiz questão que ele me visse com a calcinha, me aproximei então segurando-o com uma só mão pelo pescoço fui empurrando até o chão. Me sentando e trazendo ele para a sua posição correta.

– É daí, a sua visão, do chão! Apreciei muito os presentes, agora irei agradecer, você terá a honra de limpar as minhas sandálias, pode começar pela sola!

cortada pe b

Ele lambeu beijou, limpou tudinho, até que certa hora foi banqueta para eu descansar os meus pézinhos, assim foi até que eu terminei o cigarro, e disse que estava bom.

– Basta agora, vamos colocar a sua coleira, e vamos passear, meu cachorrinho.
Dog play. Eu adoro essa prática, virou pônei, banquinho de novo, mas a diversão estava apenas começando. Ordenei que tirasse as minhas sandálias e pela guia fui direcionando-o até a cama, onde ordenei que deitasse, algemei suas mãos e vendei os seus olhos.
– Cãozinho meu, está chegando a hora do Ricardão chegar, já deixei avisado na portaria e a porta aberta. A você restará só ouvir tudo, mas antes beije meus pés como eu gosto e muito !
Disse isso sentando em seu tórax, enfiando os pés no seu rosto.
Porém quem entrava ali era a minha amiga domme, Rainha Cinthya. Só quis deixá-lo assustado. kkk
Nos divertimos muito com aquele cachorrinho! Virou nosso tapetinho, banco, mordidas nos mamilos, cbt leve, eu deixei bem claro que não queria que ele me fizesse passar vergonha perante a minha amiga, que fosse obediente a ela além também. Beijando nossos pés até que não quissemos mais.
Para finalizar a sessão de cerca de 2 horas, facesitting:
– Vamos ver se ele tem bastante folego Cinthya? Vou fumar mais um cigarro bem tranquila aqui.
Fomos intercalando ora eu ora a Cinthya. Terminando o meu cigarro deixei que ele se masturbasse, permaneci sentada em seu tórax em quanto ele beijava os meus pés. Depois me levantei:
– Abra a boca, imbecil! Dedinhos por dedinhos, e meu pé todinho na sua boca!
Levou também uns bons bofetes na cara com os meus pézinhos.
Como ele se comportou direitinho, eu disse que ele gozasse, pois já havíamos nos divertido bastante com ele, e estava liberado.
– Toalha no banheiro, vá se lavar e limpar essa sujeira toda!
Ao sair todo de terno agradeceu muito, que não esperava a surpresa com a Rainha Cinthya e que havia adorado a oportunidade de servir a duas Rainhas tão lindas. Eu só respondi:
– Mas isso é tão óbvio….

Submisso de alma

image

Fiquei realmente muito irritada por “F” me acordar tão cedo!! Por mim já o teria feito pagar tal erro já logo de manhã. Isso seria o certo ele reparar o erro e ao menos deixar a minha manhã divertida.  Pensei: “já que ele fez isso bem que já deve vir cumprir o devido castigo agora!” Mas optei pelo bom senso, sou consciente e como sei que não seria possível devido ao seu trabalho. Desisti. Mas só por hoje.
Passei o dia com pensamentos indo e vindo. E com vontades de sentir o prazer atrelado a dor, a devoção de “F”… Isso o torna um submisso especialmente desejado por mim. A vontade de maltrata-lo torna-se ainda melhor. Mas é diferente, não é simplesmente maltratar ou castigar, é provocar todos os seus limites. É a sua dor, e meu prazer com uma dose de ternura e piedade também…
Em breve o convocarei e esse dia será relembrado com maestria por sua Rainha, (eu), e pelo meu chicote estalando em suas costas. Numa sinfonia secreta, equilibrada, intensa. Na entrega total dele de corpo e de alma. A mim! Aos meus pés!